Tuesday, November 28, 2006

Talio, espioes e romances policiais

(Cézanne)
As noticias desta semana dao conta do envenenamento por Tálio do ex-espião da KGB Alexander Litvinebko, um acérrimo critico do presidente Vladimir Putin.

Foi durante os anos da II Guerra Mundial enquanto trabalhava na Farmácia do London’s University College Hospital (UCH), que Agatha Chistie tomou conhecimetno do veneno a que daria vasto uso nas suas obras do pós-guerra. O uso do Tálio (81 Tálio 204,37) como veneno foi sugerido pelo Farmaceutico Chefe da UCH, Harold Davies, e no “The pale horse”, publicado em 1961, Christie usa-o para eliminar uma série de vitimas, sendo o primeiro indicio para a resolução do crime a perda de cabelo apresentada pelas vitimas.
Christie teve sempre o cuidado de descrever com exactidão os efeitos dos venenos usados pelas suas personagens. De facto, a descrição do envenamento pelo Talio é tão exacta que em certa ocasiao ajudou a resolver um caso medico, posteriomente descrito num artigo do British Journal of Hospital Medicine.
Em 1977- ano da morte de Agatha Christie- uma jovem árabe foi transportada para Inglaterra e internada num hospital de Londres, onde os médicos não conseguimachegar a um diagnóstico. Após alguns dias de deteoração, a doente começou a perder cabelo. Uma das enfermeiras, que por acaso estava a ler o The pale horse, notou a semelhança entre os sintomas da doente e os das vitimas do romance. Testes posteriores revelaram a presença de Tálio na urina da doente, esta foi tratada convenientemente e três semanas depois estava apta a regressar a casa.
Os sais de Talium- anteriormente usados para matar ratos e formigas- nao têm gosto ou odor.
Talvez intriga politica mais bizarra que envolve o Talium foi uma suposta conspiração (falhada) da CIA para desacreditar Fidel Castro fazendo-o perder a barba e o cabelo caracteristicos expondo o lider cubano aos sais de talium colocados no calçado.

Labels: , ,

14 Comments:

Blogger Xica said...

As coisas que aprendi neste bocadinho. Ler é de facto uma fonte de conhecimento para além de prazer.
Beijitos e obrigada.

1:48 PM  
Anonymous Anonymous said...

Rosário

Estoua a tratar do post sobre o PLAN. Vai ser baseado no teu texto e no teu comentário.

Mas ando tão preguiçoso, depois da crise de febre que tive, no fim-de-semana.

Abraço

2:45 PM  
Anonymous Anonymous said...

Digo o mesmo: As coisas que a Rosario sabe... e nos ensina!

Jinhos.

3:17 PM  
Anonymous Anonymous said...

Lembro-me muito bem desse livro da Agatha Christie. Tenho toda a colecção dela. Já não me lembrava dos efeitos do Tálio quando se começou a falar do envenenamento de Alezander Litvinebko

3:27 PM  
Blogger Inha said...

Grande Agatha!

Bom post, Rosarico!


BeijInhas Gordas

4:20 PM  
Anonymous Anonymous said...

não costumo ler Agatha mas achei interessante o tema do Talium...

para o que der e vier - se me começar a caír o cabelo já sei a procedencia...

beijinhos

4:58 PM  
Blogger rps said...

Pois agora é que dava jeito que a Agatha descobrisse quem matou o Litvinenko...

9:59 PM  
Blogger -pirata-vermelho- said...

És muint'engraçada, Rosário!
Davas uma ganda prof.




Já deste aulas?

10:09 PM  
Blogger -pirata-vermelho- said...

(...pelo que sabes. Pelo que ensinas!)

10:10 PM  
Blogger Carraça said...

Já aprendi mais umas coisitas hoje!!
Bjs

11:10 PM  
Blogger Zé Lérias said...

Que mundo cão, este em que vivemos...
Gostei de por aqui passar.

11:41 PM  
Blogger Tom, um ser diferente... said...

Meu Deus! Regressamos 100 anos de evolução! Onde vamos parar???

Rosário, isto é gravíssimo e o mundo nao pode se calar com denúncias tão sérias. Já pensou se vira moda??? Coitados dos chefes de departamento, ou gerente de lojas de shopping!
(risos)

Um beijo e desculpe o meu sumisso!

Tom

1:12 AM  
Anonymous Anonymous said...

Os velhos hábitos são dificeis de perder. Boa semana.

9:18 AM  
Anonymous Anonymous said...

Venho lá de baixo a kuskar.
Renovo o propósito de ir voltando, que nesta casa se dá o tempo por bem empregue.

11:45 AM  

Impressoes

<< Home