Friday, November 17, 2006

Contra a violencia




Visite o site da Aministia Internacional para saber como pode ajudar. Deixo-vos um poema de grande Natália Correia...


A NASCENTE TRISTE

Do meu rrosto molhado
escorre pranto ou água?
Mágoa nascida na fonte
ou fonte na minha mágoa?

Do meu rosto molhado
escorre água e pranto:
o desencanto da fonte
e a mágoa do desencanto.

7 Comments:

Blogger Mac Adriano said...

Da grande Natália, um igualmente grande poema.

P.S.: Como mais vale tarde do que nunca, digo-te agora que podes "botar p'raí" tudo o que te apetecer. Até porque pegaste no meu texto, que era, talvez, simplesmente engraçado, e o enriqueceste tu com a maravilhosa imagem que o acompanhou. Obrigado e Abracicos.

3:38 PM  
Blogger mfc said...

A desilusão é um sentimento quotidiano!

4:23 PM  
Blogger Mendes Ferreira said...

a musa do encanto/desencanto....que conheci....com quem ri.....e sorri.

8:56 PM  
Blogger Mendes Ferreira said...

abraço!


_____________

8:57 PM  
Blogger O Sibarita said...

Olá, belo poema!A efervescência da paixão mágoa, desencanto... e o coração no meio disso tudo! É a vida...


O Sibarita

11:24 PM  
Anonymous Anonymous said...

Hoje, o Blogger não me deixa ver a ilustração (quadro) que acompanha o texto.

Um abraço

12:10 PM  
Blogger Lata Mágica said...

Primeiramente agradecemos a visita lá no Lata Mágica e essa é a primeira de muitas vezes!!

Bom final de Semana!

Willam & Odilene

12:02 AM  

Impressoes

<< Home