Sunday, November 26, 2006

Domingo


(Gerome)


Leio no Publico on-line que o Governo quer que as mulheres vítimas de violência doméstica fiquem isentas de pagar taxas moderadoras quando, na sequência de agressões, têm de recorrer às urgências e internamentos nos hospitais. Não estou a ver... mais valia ficarem isentas as pessoas que "bateram com a cara na porta" ou "escorregaram".

Entretanto aqui o dia amanheceu ensolarado. Acordei com o pager, claro. Sempre o mesmo ao Domingo, quando estou de prevenção. Pelo menos ontem não me aborreceram muito... até agora tive um doutorinho nas urgências que queria que eu adivinhasse quanto Paracetamol uma mãe deu á sua criança... agora sou bruxa, é? Dizia ele que a mãe lhe deu o medicamento em liquido e queria que eu lhe confimasse que só há uma concentração disponível, o que não é verdade. E uma doutorinha que não conseguia calcular a dose de Digibind a dar a um doente com toxicidade causada por Digoxina... oh minha santinha!

Bem, vamos ver como corre o resto do dia...

Labels: ,

16 Comments:

Blogger Santa said...

Minha querida,

Aqui no Brasil recentemente foi aprovada uma lei que agressores de mulheres finalmente serão punidos, presos (sempre com atraso). Antes considerado crimes leves e que bastava dar uma bolsa de alimentos na comunidade e estavam livres de puninções carcerárias. resumo, depois da Lei nunca se viu tantos espancamentos, sequestros, mortes contra mulheres... O ser humano, o ser social, ainda tem que ser revisto.

Hoje, domingo, resolvi dormir...

Bjs

2:06 PM  
Blogger greentea said...

Um homem com gripe.

Pachos na testa, terço na mão,
Uma botija, chá de limão,
Zaragatoas, vinho com mel,
Três aspirinas, creme na pele
Grito de medo, chamo a mulher.
Ai Lurdes que vou morrer. Mede-me a febre, olha-me a goela,
Cala os miúdos, fecha a janela,
Não quero canja, nem a salada,
Ai Lurdes, Lurdes, não vales nada.
Se tu sonhasses como me sinto,
Já vejo a morte nunca te minto,
Já vejo o inferno, chamas, diabos, anjos estranhos, cornos e rabos,
Vejo demónios nas suas danças
Tigres sem listras, bodes sem tranças
Choros de coruja, risos de grilo
Ai Lurdes, Lurdes fica comigo
Não é o pingo de uma torneira,
Põe-me a Santinha à cabeceira,
Compõe-me a colcha,
Fala ao prior,
Pousa o Jesus no cobertor.
Chama o Doutor, passa a chamada,
Ai Lurdes, Lurdes nem dás por nada.
Faz-me tisana e pão-de-ló,
Não te levantes que fico só,
Aqui sozinho a apodrecer,
Ai Lurdes, Lurdes que vou morrer

Poema de Antonio Lobo Antunes


deixo para ti a tradução , caso Mr Big esteja em condiçoes de a poder escutar!!!

beijinhos ...e as melhoras .
Afinal isso é mesmo um fim de semana de prevenção completa !

6:13 PM  
Blogger amadis / pintoribeiro said...

Muito belo. Boa noite.

6:37 PM  
Blogger Miguel said...

Tia rosario,

Perguntas dificeis logo ao Domingo ...!?

Os votos de uma Boa Semana!
Bjks da Matilde e Cª!

7:10 PM  
Blogger selenis said...

Obrigada pela frase, de facto está muito adequada :) Já fiz um sorriso daqueles...

De facto, não pagar taxa moderadora se disserem que foi violencia doméstica... está-se mesmo a ver a quantidade :(

O cãozinho, o alex, est´melhor :) Já se põe de pé com ajuda, já come melhor... esperam-no 3 a 4 semanas de internamento com fisioterapia, mas com sorte vai ficar a 100% :)

Beijo
Rute

8:42 PM  
Blogger kurika said...

Olá Amiga... então, aí os doutorzinhos inglesinhos...não sabem? Têm que perguntar aos Doutores Portugueses...??? Ahah!!!
Dá-lhes coça... isto agora não é a casa da mãe Joana...já agora...!!!

Uma boa noite para ti e descansa...amanhã já ficas a descansar, não?

Um xi-coração

10:19 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Santa,
Provavelmente por aqui acontecerá o mesmo... os agressores passam a pensar "assim co'ássim tens tratamento de graça!..."

Greentea!
Delicioso, e tal e qual o Big! Uma constipaçãozita de nada e até o cabelo lhe dói!

Amadis,
Boas noites!

Miguel,
Ao Domingo é que eles perguntam... devem estar lá nas enfermarias sem nada que fazer e pensam "quem é que podemos chatear?... ah, já sei!"

Selenis,
Exactamente, não estou a ver ninguém a admitir "a minha cara metade pos-me a cara de banda".
Tadico do canito... ainda bem que está melhor. As mulheres, as crianças, os idosos e os animais são sempre o bode de expiação de fruiustrações e maldades!

Kurikita,
Para isso é que cá estou... os doutorinhos não percebem muito de remédios. Fazer contas então, é um sarilho! Pelo menos pagam-me... e como tive de ir ao hospital duas vezes são duas horitas a contar para as minhas férias! eheheeh!
Descansar? Isso é que era bom! Mais trabalhinho... e mais prevenção! Isto aqui é sempre a dar-lhe!

Beijicos para todos e BOA SEMANA!

10:30 PM  
Blogger Pitucha said...

Tens tanta razão! Vamos ver quantas mulheres ficam isentas dessa taxa!
Beijos

11:10 PM  
Anonymous Anonymous said...

Estou de acordo que se a verdade fosse dita (assumida pelas mulheres que as isenções subissem), mas ninguem admite.. e mais na maioria dos casos ninguem acreditava , pois eles até são tão simpáticos ... tão meiguinhos para o people.
Até choram a pedir perdão , que nunca mais vai acontecer etc....

4:55 AM  
Blogger Rosario Andrade said...

Bom dia Pitucha!
Claro! Detesto "medidas boazinhas" que nao passam de rabiscos num papel.

Anonimo/a,
É esse um dos grandes problemas. É que este problema nao acontece somente em meios socias desfavorecidos, acontece também nas classes altas da sociedade.

boa semana!

9:24 AM  
Blogger mfc said...

E como o provam? Passam primeiro pela Junta de Freguesia para obterem o atestado??!! Ou pagam e depois vão a Tribunal para receberem meia dúzia de Euros??!!

10:15 AM  
Anonymous Anonymous said...

Eu não estou nada de acordo com vocês.
Para já violência doméstica é uma das coisa, mais horríveis da sociedade e não me digam que um médico não percebe se foi violência doméstica ou bater com a cara na porta. Se julga que não, é porque nunca viu violência doméstica.
Depois a medida é para incentivar as mulheres a dizerem que são vítimas de violência doméstica.

3:59 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Ola Marta,
Concordo que um médico podera reconhecer marcas de violencia domestica. No entanto, a nao ser que a vitima admita, nao se pode fazer nada.
Por outro lado, nao sei se a violencia domestica é um crime publico ou nao (alguem de Direito que possa esclarecer?). Provavelmente admitir que se foi agredida/o implicará uma queixa, o que muitas vitimas nao querem ou nao podem fazer.

Nao esquecer também que os homens, embora tradicionalmente em números menores, também podem ser vitimas de violencia domestica. Eu conheço alguns casos.
Bjicos

4:26 PM  
Anonymous Anonymous said...

Olá .
Pois conheço um caso em que o marido depois de lhe bater (defender...) (segundo ele) , a mimava com prendas , flores ,jóias carteiras de pele, fins de semana a dois cheios de promessas e arrependimento. Já assisti numa ocasião em que iamos sair juntos, onde a tinha acabado de acoitar e aqui lhe peço desculpa pois quase não acreditei quando nos disse ,"acabei de levar um pontapé nas pernas ", na verdade o comportamento dele era o mais correcto possível, cheio de ternura (!)para com ela e para com todos nós, só mais tarde é que percebi que afinal o Sr. tinha dupla personalidade. É óbvio que aquela relação estava condenada ou então algum dia ela era mais um nº a acrescentar aos óbitos. Entretanto os anos passaram e hoje diz ter pena de não ter tomado mais cedo a decisão de o deixar.
Mas acabou e hoje está só mas consciente de que tomou a atitude correcta.
Nota:ele já mudou de companheira pelo menos 4 vezes,dá para pensar .
cpts

9:04 PM  
Blogger Carraça said...

Espero que a tua 2ªf tenha sido melhor que o teu domingo!!
E quanto à violência doméstica, não consigo compreender como alguém que Ama ou já Amou pode tratar tão mal o seu Amor!

Bjos

9:41 PM  
Blogger AC said...

É mais um generoso incentivo governamental à violência doméstica. Assim, o agressor já lhe pode cascar à vontade porque o tratamento é de borla. Coisa tipo, se o indivíduo sofre um acidente e partir umas costelas e um braço, paga, mas se for o cônjuge o autor, não paga!

Seria bem mais útil que isentasse os custos judiciais e facilitasse o processo de acusação mas enfim, conhecendo-se o autor de tal despacho, seria muita areia.

Cpts

12:37 AM  

Impressoes

<< Home