Monday, February 20, 2006

A gentil arte de tratar um ditador


Recentemente, no The journal of the Royal College of Physicians of Edinburgh, o Dr. Doyle descreve os cuidados médicos prestados a Adolfo Hitler. O ditador era um hipocondriaco que escolheu como médico pessoal um individuo notável, Theodor Morrel.
Morrel era um venereologista, e o oitavo de uma série de médicos que trataram Hitler em várias ocasioes. Morrel praticava uma medicina não convencional e havia declinado convites para ser médico pessoal do Chá da Pérsia e do rei da Roménia. Juntou-se ao partido nazi em 1933 e em 1936 Hitler recorreu aos seus serviços para tratar um eczema crónico, e consequentemente um conjunto de outras afecçoes.
Morrel era descrito como um homem idoso, bruto, e pouco higiénico, mas Hitler achava-o afável.
Sob as instruçoes de Hitler, Morrel administrava injecçoes de glucose, metanfetamina, glicosideos cardiacos, corticosteroides, estricnina e atropina, bem como cerca de 90 comprimidos contendo 28 formulaçoes diferentes, contando entre os constituintes vitaminas, brometos e barbituratos. Um medicamento curioso, aparentemente escolhido pessoalmente pelo ditador, consistia numa preparação feita a partir de uma composição que servia para limpar armas. Descobriu-se mais tarde que este “medicamento” era toxico, causando dor de cabeca, diplopia, tonturas e tinitus (zumbidos ou ruidos nos ouvidos).
Alem das queixas causadas sem dúvida pelos estranhos e duvidosos medicamentos, Hitler tinha ainda de suportar cólicas abdominais recurrentes alternando diarreia com obstipacao, inflamaçoes oculares, insonia, depressão e ataques de panico (… por que é que sera?...).
Parece pouco provável que Morrel tenha ajudado o ditador a superar quaisquer das condiçoes de que se queixava. Na verdade, parece que os remédios tornaram a vida de Hitler ainda mais dolorosa do que normalmente seria…

11 Comments:

Blogger spartakus said...

...coitado do Fuhrer...eu sabia. um homem de sofrimento...bom dia Rosário. Bjos e abracikos,

10:53 AM  
Blogger pirata vermelho said...

à vista disto, a menina do antifreeze é uma anjinha...

12:12 PM  
Blogger cm said...

fiquei a sabaer que nem corpo nem mente...ele tinha e no entanto o que lhe foi permitido e ajudado a fazer...um abraço

2:02 PM  
Blogger Inha said...

Masoquista, o homem.

BeijInha e uma excelente semana...;)

5:04 PM  
Blogger feniana said...

muito curioso, este apontamento.
um beijo

8:48 PM  
Blogger rps said...

Só dava chanfrado por lá...

10:01 PM  
Blogger Susana Barbosa said...

Tantas coisas que eu desconhecia...
Boa noite Rosário.
Bjicos

2:14 AM  
Blogger greentea said...

Porque seria tanta insonia, tanta cólica, tanto eczema?...
que pena não lhe terem dado mais cedo a dose certa de estricnina!
Tem um bom dia, Rosário que eu faço contas de superar o meu.

9:08 AM  
Blogger spartakus said...

Bom dia Rosário. Bjinhoss e abracikos. Tá frio,,,

10:10 AM  
Anonymous Anonymous said...

Xá, minha querida. Da Pérsia é Xá!!

10:48 AM  
Anonymous Rosario A. said...

Anonimo,
Toda a razao!!!! ... o eterno problema de escrever a pressa, bem que me soava mal mas nao tive tempo para rebuscar na minha mente a exacta grafia! Obrigada pela correcao!

11:08 AM  

Impressoes

<< Home