Tuesday, December 13, 2005

Impressoes- As cores do tempo







O Tempo... há quem lhe chame carrasco. Há quem conte com ele como aliado. Há quem o perca e há quem o queira dominar. Mas ele segue impassivel, indiferente, com barriga cheia de certezas. Vai moldando a nossa existencia e pintando com as suas cores o mundo que nos rodeia...

12 Comments:

Blogger Mendes Ferreira said...

excelente esta passagem do tempo ...para o tempo daqui. bom dia Rosário. bjo.

9:43 AM  
Blogger deumus said...

O tempo não existe. Bom dia.

11:00 AM  
Anonymous JMC said...

Há quem não chegue a tempo.
Mas o tempo chega sempre a tempo, parece-me que as imagens se referem á passagem do tempo por oxidação, por vezes essa passagem cria efeitos nas materias com muita beleza.
KMC

11:06 AM  
Blogger Rosario Andrade said...

Oxidacao, sim!
Por vezes penso qual sera o efeito oxidativo na alma... cores experiencia, texturas...

Abracicos!

11:15 AM  
Blogger Dinada said...

Daqui a alguns milhares de anos, aqueles escritos vão ser Foz Côa!

Lindas, as fotos...

Bom dia Rosário e beijico!

11:30 AM  
Anonymous JMC said...

Na alma é provavel que não seja possivel ver nunca.
Mas a Rosario já deve ter visto essas alterações no corpo(interiores e exteriores), devido a sua profissão.
JMC

11:31 AM  
Anonymous Ana Amorim said...

O Tempo pode ser também o espaço de muitas certezas, ... e é um bom aliado do Vinho do Porto. Tens aí?
(Fico com a Ling ... quando é que é minha?)
Beijinhos

3:48 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Ola Tutue!
Creio que a exposicao dura ate finais de Janeiro. Envio-ta logo que termine...

Bjoquitos

4:18 PM  
Blogger no apta para la humanidad said...

¡¡¡Me fascinaron estas imágenes!!! Me parece muy interesante el empleo de las fotografías para dar paso a una reflexión sobre las huellas que deja el tiempo en su paso. La correspondencia entre la palabra escrita y la imagen visual me pareció maravillosa!!! Además, me gustaron mucho tus palabras, aunque reconozco mi lamentable ignorancia del portugués...
Gracias por los comentarios en mi blog!
Saludos!!

11:49 PM  
Anonymous batista filho said...

Gostei muitíssimo da sequência de imagens e do que disseste ao final.
Um beijo, amiga.

12:44 AM  
Blogger Silvio Vasconcellos said...

Olá, Rosário...

O ser humano inventou o tempo; depois passou a dividi-lo em pedaços cada vez menores até que não pudesse contar.

Enquanto isso a Natureza, alheia à filosofia, vai se transformando, regenerando e ensinando de onde viemos e para onde vamos.

Um abraço do sul do Brasil.

1:34 AM  
Blogger JG said...

E a lenta corrosão nos nossos próprios corpos? Belíssimas, as tuas fotos. Abracicos

12:54 PM  

Impressoes

<< Home