Tuesday, January 03, 2006

Intimidades- O piano

Imagem: Paul Brent

Quando ontem chagamos a casa, Mr. Big decidiu ir as compras, poupando-me a esse incómodo. Demorou imenso, tanto que comecei a preocupar-me. Finalmente la apareceu, com os sacos do supermercado e um sorriso matreiro (nao é desses que estao a pensar!). Um pensamento obliquo silvou pelo meu cérebro... o que eria desta vez? E ele, que tinha uma prenda, para me animar. Flores, pensei, como as vezes faz. Que ele também podia usar... mau!
Pouco depois, por entre um entusiasmo quase infantil la desvendou a surpresa... entre outras maquinarias pesadas de tecnologia (das quais nem sequer vou falar), trazia-me um teclado! Confesso que saltei de entusiasmo... mas ai! Pensem lá... nao me bastavam tres gatos, a pintura, a costura, o blog, a viola, os mil e um passatempos e agora... uma pianola em casa... O que é que voces fariam? Claro, o mesmo que eu... praticar pelo menos duas horas por dia... vai ter que ser!
Felizmente hoje em dia a tecnologia é compassiva e vem artilhada com toques subtis tais como os auscultadores que impedem o som seu ouvido por terceiros... perfeito. Escuso de torturar os gatos e os vizinhos com a minha inepcia. Os meus dedos matraquiam a custo as teclas, empedernidos e esquecidos das poucas licoes, ha muitos anos. Nao importa... hei-de massacrar tanto o teclado que hei-se aprender alguma coisa... ole se hei-de! Ou nao seja eu filha da minha maezinha!

18 Comments:

Blogger Funes, o memorioso said...

1- "Quando ontem chagamos a casa, Mr. Big decidiu ir as compras, poupando-me a esse incómodo"

A sério? Que me dera ter sido eu a casar com Mr. Big.

2- "Pensem lá... nao me bastavam tres gatos, a pintura, a costura, o blog, a viola, os mil e um passatempos e agora... uma pianola em casa..."

Esqueceu-se de referir ainda a prática do futebol.

3- "Nao importa... hei-de massacrar tanto o teclado que hei-se aprender alguma coisa... ole se hei-de!"

Gosto desta desta manifestação de força, que me ajuda a mim também a prosseguir e a não desistir.
Obrigado Rosário.

1:12 PM  
Blogger deumus said...

...e que o DEmo te acompanhe. Bjos. Abracikos.

1:16 PM  
Blogger pirata vermelho said...

GRANDE AMIGO, esse Mr!
Entende isso como o reacender do piano em ti - tens que comprar um, mais tarde. A sério, pesado e que se oiça! Armado em ferro (embora o som dos de madeira...)senão ficas desgostosa-condenada como eu que nunca atingi o nível mínimo e hoje, já nem o Für Elise de todos nós

Ah tie Rosairo! Toca l pianôncio i beila tuôda la quemunidade

1:41 PM  
Blogger TR said...

Ó Rosário, mas que sorte!!! Eu também adorava receber um piano, juro, e relembrar velhos tempos, desta feita a matracar as teclas!! Quem sabe não vimos a tocar qualquer coisinha a quatro mãos um dia!! :-)

Grava qualquer coisinha depois para nós ouvirmos! :-)

1:46 PM  
Blogger Pinto Ribeiro said...

Coitado do piano...LOL! Bjos e abracikos, Rosário.

2:41 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Tiu Pirata burmeilho,
Estas a dar-me muito credito...Für Elise!!!! Eu é mesmo a matraquear, as licoes que tive foram mais teoria do que outra coisa, e foi na area do jazz. Nunca tive paciencia para a rigidez do ensino... indomavel, rebelde e auto-didata- sou eu. E depois, a minha cena era cantar mesmo, por isso os instrumentos eram preteridos...

Percebem agora porque nao posso ser habil numa area qualquer? porque estou sempre a meter-me em confusoes e mil e uma historias que me sugam o tempo! oh, well, ha que ter paciencia... nasci torta e nao vai ser agora que vou endireitar!

Abracicos!

2:53 PM  
Anonymous Ana Amorim said...

Uau ... a ideia de chegar de férias, e depois ainda ter um presente desses ... é de fazer inveja.
Estou a ver-te a tocar já a "mariquinhas"...!!!
Vai treinando.
Beijocas;

4:07 PM  
Blogger pirata vermelho said...

nun tenemos que nos lhebar mui a sério! an beç de dezir tuôrta dixe amproada, tie Rosairinho, que ls riquesas ancantam i botam mais afeiçon.

4:18 PM  
Blogger Mendes Ferreira said...

o piano...um dos meus "locais"...em casa passo por ele e toco-o...e ele toca -me....


olá Rosário....deixo-te um toque. sereno. e b.e.i.j.o.

4:24 PM  
Blogger Kamia said...

Já vi que entraste bem neste novo ano. E ainda é natal para ti, a receber prendas destas...
Tenho a certeza de que em breve já vais estar a sair-te bem com o piano. Como te tens saido com tudo o resto (pelo que se percebe aqui no blog).
Agora, Mr. Big?!? Como é que conseguiste tirá-lo á Carie?!!??

4:31 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Ola Kamia!
...eu chamo Mr. Big ao meu porque ele é mesmo Big, é um daqueles gigantes com coracaozinho de manteiga... Eu tenho 1.68 e mesmo assim pareco pequena ao lado dele...

Abracicos para Cabo Verde!

4:37 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Tiu Pirata Burmeilho,
Stais cada beç melhor... quaije num bos entendo! ihihihih!

4:40 PM  
Blogger pirata vermelho said...

Quien dirie! Num ´
ye lhéngua mirandesa?

5:44 PM  
Blogger Folha de Chá said...

Mas que boa, tão boa prenda. :) Que sorte. :) Aposto que, mais tarde ou mais cedo, vais estar a tocar sonatas de vinte e tal páginas. :) Um muito feliz 2006. :)

5:50 PM  
Blogger Susana Barbosa said...

Feliz 2006! com muitas notas...
Aqui ficamos à espera de algum compasso! Beijos.

6:10 PM  
Blogger Cadelinha Lésse said...

Vá, quero ouvir essas notas!

Beijinhos

6:20 PM  
Blogger no apta para la humanidad said...

¡fantástico regalo! A veces pienso que en algún lugar dentro de mí reside una música frustrada...frustradísima. Me encantaría aprender a tocar piano o cualquier instrumento pero creo que mi ineptitud es demasiado grande para la música.
Muchas felicidades en el año que acaba de empezar y éxito con el nuevo teclado!!

6:20 PM  
Blogger porfirio said...

um piano... um BIG presente... toca aí uma chopinada cá prá gente... eheheheh

bjos

11:18 PM  

Impressoes

<< Home