Monday, December 26, 2005

Humanas alvoradas

Leio o teu nome
Na página da noite:
Menino Deus...
E fico a meditar
No milagre dobrado
De ser Deus e menino.
Em Deus não acredito.
Mas de ti como posso duvidar?
Todos os dias nascem
Meninos pobres em currais de gado.
Crianças que são ânsias alargadas
De horizontes pequenos.
Humanas alvoradas...
A divindade é o menos.
Miguel Torga

Imagem roubada n'O Cavaco"

8 Comments:

Blogger mixtu said...

milagre dobrado...

2:10 PM  
Blogger Mac Adriano said...

Agora gosto mais de Miguel Torga (não conhecia este excelente poema).

2:26 PM  
Blogger mixtu said...

nada de DPN, senão vou aí dou-te tau tau, ou festas ... :)

3:04 PM  
Blogger sonia r. said...

Boa tarde, Rosário. Beijos meus e do PR. Tudo de bom.

4:02 PM  
Blogger Elipse said...

No comments.

8:18 PM  
Anonymous Ana Amorim said...

Miguel Torga no seu melhor...
Menino cujo destino Deus não previu??? Ou será que faz parte do seu mundo...!!! Num mundo do "Bem" não há meninos assim!!!
...
Benvinda a Portugal e aos Algarves ... o Sol tão desejado parece que fugiu!
Beijinhos

9:53 PM  
Blogger Silvio Vasconcellos said...

Aquele que nasceu pobre, fugitivo, de mãe solteira e desprezado, só foi respeitado após sua morte.
Hoje, milhares estão nascendo em condições piores e nunca serão lembrados.

1:01 AM  
Blogger elsaaaaa said...

Confiança

O que é bonito neste mundo, e anima,
É ver que na vindima
De cada sonho
Fica a cepa a sonhar outra aventura...
E que a doçura
Que se não prova
Se transfigura
Numa doçura
Muito mais pura
E muito mais nova...

Miguel Torga

Excelente relembrar Miguel Torga e os meninos pobres hoje e todos os dias do ano, a imagem roubada, impressiona muito, mas é adequadíssima. Festas Felizes, fique bem.
Elsa
http://utilidades.blogs.sapo.pt

10:01 AM  

Impressoes

<< Home