Tuesday, December 20, 2005

Coraçao vegetal


No meu coraçao vegetal guardo segredos de outros tempos. Nas minhas veias pulsam memórias de tantos Outonos! Mas nas minhas artérias embalo a esperança de uma nova Primavera. Aguardo-a em sossego.

7 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Aguardo a esperança de uma nova forme de estar, de viver e de sentir...!
O Natal, à medida que o tempo passa, marca em mim um alastramento de sentimentos tristes, os quais não consigo controlar, nem disfarçar!

Para ti, um Feliz Natal e um Very Good 2006.
Um grande xi-coração
Ana Amorim

12:12 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Querida Ana,
BEm sei, eu bem te entendo...
Espero que superes essa nostalgia, e que o teu coracaozinho apenda a ver esta época como mais um ponto consumista do ano. Quase sem significado...
Porque nao aproveitas e vais com o teu amor ate Paris por essa altura? Paris é sempre Paris!!!!!

Beijoquitos!

12:42 PM  
Blogger greentea said...

"Quero falar do real significado deste momento de amor, compaixão e paz. Vou escolher meus presentes de maneira diferente. Vou lembrar de todas as pessoas que um dia já passaram pela minha vida e mandarei a elas uma mensagem com meu profundo amor. Lembrarei a todos do poder real que temos. Poder de escolher, de criar, de manifestar nossa divindade. O primeiro é de fazer parte de um enorme grupo e circundar o mundo num abraço de Luz, envolvendo a todos indistintamente numa energia vibrante, brilhante, que carregará afeto e alegria verdadeiras a todos nossos irmãos e irmãs, sobretudo aos que estiverem sozinhos, cansados e deprimidos. Ninguém estará ou se sentirá sozinho se conseguir se conectar com esta Luz que irá emanar dos corações de tantos e tantos seres humanos despertos, abertos e cada vez mais conscientes da Unidade, do Amor Incondicional e da urgente necessidade de paz. Paz em todos os corações, a começar pelo nosso, que poderá estar mais capaz - dia após dia, de romper barreiras, de gerar tréguas cada vez mais longas e por todo lado, a começar pelo nosso núcleo familiar e de relacionamentos, se espalhando como semente poderosa por toda a Terra. Este ano quero convidar a todos a fazerem este pensamento de amor. Mesmo que seja por apenas alguns minutos. Façam com intenção, lembrando sempre que o amor que mandamos aos outros, enche primeiro o nosso coração! "
Para a Ana e todas as anas, Rosários , Isabéis para todos aqueles que sofrem q estão sós q amam demais; para q se deixe de vez o consumismo fácil, se apaguem as luzes e as tvs e nos encontremos a nós e façamos ressaltar a primavera que nos invade e a saibamos levar aos outros num forte abraço de Luz. Tanto faz estar em Paris como em Carção ou Avelãs de Ambom. A Lus, a Seiva da Vida e a Primavera estão sempre em nós

( o comentário transcrito é de A. Bellotti)

2:17 PM  
Blogger Dinada said...

Esta foto está absolutamente di-vi-nal. Tal qual um coração.
O teu 'olho fotográfico' é qualquer coisa Rosário...qualquer coisa!!!

2:27 PM  
Blogger Elipse said...

Sem palavras!!!

7:50 PM  
Anonymous Ana Amorim said...

Obrigada GREENTEA ..., para ti um beijinho, Um Feliz Natal e que o Ano de 2006 seja compreensivo e realize todos os teus sonhos.
Boas Festas

10:53 AM  
Blogger greentea said...

...circundar o mundo num abraço de Luz, envolvendo a todos indistintamente numa energia vibrante, brilhante, que carregará afeto e alegria verdadeiras a todos nossos irmãos e irmãs, sobretudo aos que estiverem sozinhos, cansados e deprimidos. Ninguém estará ou se sentirá sozinho se o fizer seja na noite de 24 na de 30 ou numa outra qualquer noite.
Constato pelos relatos dos blogs q muita gente sente a opressão , a tristeza a ansiedade ao longo desta época de falsos amores e pseudo natais. E a solidão oprime-nos ainda mais. Descobri nestes últimos dias que é possivel o contacto intimo entre seres que estão tão longe entre si como Lisboa/Londres ou Geneve ou Haia, África ou o Brasil. Mas é possivel lá chegar, estar com eles todos e envolvê-los nesse afecto , nesse abraço, nessa partilha. É possivel comunicar e expressar o que vai dentro de cada um de nós, como por encanto. E aqui, na mesma rua, no mesmo escritorio, na mesma casa não pasamos dos bons dias distantes, dos falsos votos de festas felizes e dumas caras que nada exprimem. Descobri que a net é uma arma ainda mais poderosa q eu imaginava. E que me permite, nos permite, dizer tudo o que queremos, expor os nossos quadros, fotos, bordados, malhas, expormo-nos a nós próprios, sermos nós.
Por tudo isso um BOM 2006 para todos nós

11:22 PM  

Impressoes

<< Home