Monday, August 21, 2006

Novas armas

(Foto retirada da net)
Já me tinha esquecido o quanto voos com escalas são detestáveis. No entanto, confesso que a viagem correu melhor do que estava à espera. Os atrasos não foram significativos, a espera em Madrid foi aligeirada por uma sessão cultural (vulgo compras) e pela companhia indispensável do iPod. O hotel em Lisboa era de cinco estrelas e os rapazes na recepção devem ter gostado da minha cara porque em vez do quarto que tinha marcado me disponibilizaram uma suite. Além disso, um anjo ajudou-me com a gagagem do aeroporto para o hotel, e do hotel para o comboio (obrigada!!!!!).
O único problema foi mesmo... o meu baton! Antes de viajar procurei informar-me acerca das restrições da bagagem de mão. Aligeiradas as regras, permitiam que se transportsse já nesse dia uma série de artigos enteriormente proibidos. Toda a maquilhagem em forma de liquido ou de gel continuava na lista negra mas permitiam agora (uffa!) os batons e restante maquilhagem. Depois de fazer o check-in, ao entrar na zona das partidas, um moçoilo da segurança inquiriu acerca das minhas muidezas de beleza. E eu, passando-me um leve rubor pelo rosto, que sim, que tinha os meus batons e demais. Que não podiam ir comigo, tinham de ser despachados na bagagem. Ai, ó meu santinho! Ainda protestei, que na internet as regras disponibilizadas coiso e tal. Nem internet nem meia internet. O segurança, pacientemente, explicou-me a mim mais duas ou três ladies na mesma situação que as regras tinham mudado entretanto e tinha de confiscar os artigos. Eu retirei um - ah é um Channel..., diz o segurança (informadinho, o menino, hei?). ...e um Lancôme... e outro... e... ele olha para mim divertido perante o estoginho da Lancôme todo artilhado com tudo e mais alguma coisa. Aposto que não gostará de se livrar disto tudo, diz ele com um sorrisinho matreiro. Pois não! O remédio foi voltar atrás e fazer o check-in das armas na caixinha de cartão disponibilizada. Isto é mesmo a subversão da civilização! Considerar o batôn um artigo perigoso... os terroristas devem dar pulos de contentes!
Quendo cheguei a Madrid, tinha os beiços todos rotos, a cair aos pedaços e a necessitar de cuidados e de cor urgentemente. Renovei o meu stock porque sinceramente não esperava ver os desgraçados despachados na malinha de cartão. A suspeita confirmou-se, mas eu estava tão aliviada de ver o resto da bagagem que aceitei sem prantos este cruel golpe do destino.

24 Comments:

Blogger sabr said...

Francamente curioso...bom dia Rosário, beijiku e abraço.

11:31 AM  
Blogger Ivo said...

Rosariko,

Na minha alinaça com a Alqaeda e esses afins, estamos a estudar usar os batôns como arma de destruição massiva...
eh eh eh

De todo bastante curioso (pelo menos para mim) e insólito!!

BEIJIKO!

11:53 AM  
Blogger Pé de Salsa said...

Em terras de Portugal a matar saudades:)Que bom!

Um bjico com desejos de uma boa estadia por estes lados!

3:34 PM  
Blogger Alma da Terra said...

óÓ!!!!!! mulher previnida..
hi hi hi
linkei teu blog, tud bem!?
:::::::::::
beijão

2:38 PM  
Blogger Tom, um ser diferente... said...

Rosário.
Me diverti muitíssimo com o seu post! Seu jeito sofisticado e ao mesmo tempo simples de ser, é encantador. Nessas situações, o melhor é mesmo partir para o bom humor, e tentar achar graça tanto quanto os terroristas estão rindo da nossa cara.
Mas fico muito feliz que sua viagem foi um sucesso, apesar dos perigosíssimos batons da Lancôme e Chanel! Hahahahaha.
Beijos no coração,
Tom

4:47 PM  
Blogger Lata Mágica said...

Rosario,
Temos uma novidade!
A novidade é que já estamos com um espaço próprio para nosso laboratório. Conseguimos graças ao apoio e o incentivo de todos. Não desistimos. Um abraço.
Willam & Odilene

8:05 PM  
Anonymous JMC said...

Boa Sorte, para a exposição que hoje inicia.

JMC

9:20 AM  
Blogger sabr said...

Bjikus e abracikus Rosário.

9:45 AM  
Blogger Pé de Salsa said...

Bom dia Rosário!

Calculo que o início da Exposição se concretize hoje.
Gostava muito de aí poder estar. Ai se fosse em Aveiro...
Desejo-te muito sucesso.
Um bjico

10:10 AM  
Blogger Kamia said...

A que ponto se chegou! Ainda há dúvidas de que os terriristas estão a ganhar essa "guerra"?
Mas não são apenas eles os vilões. Quê isso dos batons desaparecerem a meio da viagem?!

Bem, felicidades com a tua exposição, querida.

1:15 PM  
Blogger Sereia Azul* said...

Só tu me fazia rir agora!!!
Apesar da tristeza em que vivemos, cercados pelo terrorismo, conseguiste colocar uma ponta de humor que me agradou!

O baton é essencial...eu também não passo sem ele...nem que seja um simples contra o cieiro! ;-)

Sucesso para a tua exposição!

Uma brisa de mar no teu coração

Sereia Azul*

1:36 PM  
Blogger HP said...

Vivemos uma época muito singular - objetos inocentes viram armas de guerra.
Beijos

3:25 AM  
Blogger Miguel said...

Oh Tia Rosario,

O que custa uma mulher andar toda aprumada!!?

Ainda por cima, o segurança tinha conhecimentos esteticos!!
Que chatice!!

Mas a viagem correu bem ao menos?

Bjks da Matilde

12:28 PM  
Anonymous eduardo said...

Viagens cansam, mas enriquecem...

3:07 AM  
Blogger Elipse said...

Aposto que o menino, na intimidade do seu quartinho cor de rosa, adorava pintalgar-se com produtos de qualidade. MARICONÇO!!!

10:40 AM  
Blogger Baby said...

Excelente essa ideia da "cartucheira"
Uma ideia só possível de uma mirandesa
Moiro

10:41 AM  
Anonymous Rose said...

Olá! Infelizmente, nem tudo é perfeito e, em nome da segurança, já perdemos muitas coisas, mas nossos batons? Isso já é demais!
Grande BEijo!

10:03 PM  
Blogger Pé de Salsa said...

Olá, boa noite Rosário!

Calculo que o tempo esteja a ser curto.
Esperei a informação sobre o horário de funcionamento da Casa da Cultura (se é que realmente funciona ao fim de semana).
Ainda pesquisei através da internet mas não encontrei qualquer referência ao horário.

Vou passar a poucos quilómetros daí mas sem certezas, não dará para arriscar. Ficará para outra oportunidade.

Espero que tudo esteja a correr bem, em especial essas férias.

Bjico e um bom fim de semana festivo.

10:41 PM  
Blogger Su said...

gostei de ler.te e ri.me com as novas armas .....
a foto não podia ser outra:)

jocas maradas "sem prantos"

11:11 PM  
Blogger antimater said...

Renovar os stocks e outras medidas urgentes...
Eu sempre disse que isto do terrorismo faz agitar muito os mercados!

2:04 AM  
Blogger o alquimista said...

Amiga do coração...podes dispor da minha paleta, no teatro tenho tintas para a pele...não é necessário, não é??? Já tens as munições compradas...

Beijo

12:46 PM  
Blogger Mac Adriano said...

A mim em Londres obrigaram-me a deixar a garrafa de água, mas depois, lá dentro, havia uma senhora simpática a oferecer uma garrafinha aos passageiros. Podiam fazer o mesmo com os batons, não? Digo eu...

4:34 PM  
Blogger Tom, um ser diferente... said...

Saudades....

2:54 AM  
Blogger Ana Luar said...

Ai Mulher só tu para me fazeres rir a esta hora da matina... se alguem me quiser um dia destes confiscar o baton juro que mando esperar e vou gastar todo o creme colorante ali mesmo nas trombas dos tipos. Onde é que ja se viu uma coisa destas? Qualquer dia temos que viajar com sacos transparentes possas.

8:34 AM  

Impressoes

<< Home