Thursday, July 27, 2006

Duras Realidades


(da le Pena)


Vi-a hoje pela primeira vez. É linda. Arrasta consigo sem esforco uma beleza mediterranea, diria mesmo um pouco selvagem. Tem apenas dezasseis anos. Pouco mais que uma crianca.
A mae é de origem portuguesa mas expressa-se num castelhano perfeito, nao percebe o que se passa. Esta a estudar ingles, diz-me, mas ainda nao é suficiente para entender esta conversa complicada dos médicos. Fala por entre o nó apertado na garganta, porque é que as amostras de sangue tiveram de ir para Londres? ... só pode ser mau sinal. Nao dormiu nada esta noite, disse, mas nao precisava. Os olhos vermelhos e marejados, que agora contem as lágrimas com esforco, denunciam horas de incertezas e de sofrimento. Porque é que as amostras foram para Londres? É assim tao grave? O que é que ela tem?
Digo-lhe que como a muida tem apenas dezasseis anos as amostras tem de ser vistas por um oncologista pediatra. Que por agora sao apenas suspeitas. É apenas meia verdade. Nao lhe digo que a suspeita recai sobre Leucemia Mieloide Aguda. E que de qualquer maneira, neste caso, as amostras vao sempre para Londres para determinar o subtipo de leucemia, que determinará o tipo de tratamento. Ainda nao sei o que o médico lhe disse, por isso nao lhe quero dar muita informacao, que apenas aumentará a ansiedade. Por enquanto é apenas uma suspeita. Oxalá nao passasse disso...

Informacao sobre leucemia no Wikipedia

Labels: , ,

19 Comments:

Blogger Santa said...

Querida Rosário,

Respondendo o seu comentário lá no blog:

Não sei de onde tirou a constatação, aqui no Brasil algumas reportagens sem fundamento tentaram vincular Alckmin ao Opus Dei, uma prelazia papal, foram rechaçadas de imediato, como se a organização estivesse ligada a alguma prática criminosa. Aí eu pergundo: O que você acha que vai render mais artigos de jornal: a leitura sociológica que Lula fez do PCC ou a suposta (e falsa) ligação de Alckmin com o Opus Dei? Meça o noticiário se tiver tempo. Pois para certo jornalismo, a facção criminosa PCC que amedronta e mata em SP, ou o MST que invade propriedade privada, mata e afronta as instituições públicas, são muito menos perigosas.

Bjs

1:40 PM  
Blogger Pé de Salsa said...

Bom dia Rosário,

São tristes realidades que nos mostram como é grande ainda a impotência do homem.

Há momentos em que mesmo quando não se tem fé, parece que nada mais nos resta.

Bjico

1:57 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Querida Santa!
Nao conheco pessoalmente o Sr. Alkmin, e obviamente nao posso ter certezas sobre as suas ligacoes a Opus Dei. Mas na minha terra diz-se, onde há fumo, ha fogo. E este fumo e este fogo sao demasiado perigosos para ignorar! É o futuro de um pais que esta em jogo!
Quanto a melhor, venha o diabo e escolha. Creio que no Brasil (como em outros paises) a corrupcao é uma máquina com autonomia, que tem os seus trilhos definidos e que segue o seu caminho independentemente da vontade de qualquer politico que ate (!!!!!!!?????) tenha boa vontade. De qualquer maneira, sou profundamente apolitica, e podera ser um julgamento errado, mas considero que há muito pouco interesse pelo pais e pela situacao da sociedade nos politicos. O que impera é o interesse proprio e da maquina da corrupcao, que nao tem travoes. Nao sou especialista na matéria mas creio que no Brasil a situacao nao se resolve com mais um presidennte, supostamente melhor, até se colocar no poleiro... provavelmente so com uma revolucao profunda.
De qualquer maneira, para bem do Brasil, gostava bem que a ligacao de Alkmin a Opus Dei fosse apenas fumo...
Bjico

2:01 PM  
Blogger O Micróbio II said...

Já reparei que os comentários nada têm a ver com o texto... mas mais uma vez posso comprovar que basta "haver fumo" para se atirarem atoardas para o ar como se de certezas se tratassem. O que está a dar hoje em dia é acusar sem qualquer fundamento, e o mais engraçado é que quem tem provar o contrário é quem é atacado e não o acusador.... Tudo muito bonito!

3:04 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Ola Microbio!
Diz-me la, se te dissessem que um pedofilo ia morar para a tua rua, deixavas as tuas criancas a solta sem supervisao? Ou fazias ou tomavas as tuas medidas e averiguavas depois? Eu nao tirava os olhos das criancas, fosse o sujeito culpado ou nao. Com Alkmin tenho a mesma opiniao...
Bjico

3:22 PM  
Blogger O Micróbio II said...

Calculo que pela tua opinião não faz sentido haver julgamentos... é um descabimento. Contrariamente ao que pensas, prefiro rotular as pessoas de inocentes até prova em contrário. E não caio no contrário que será um absurdo na justiça, isto é, julgar as pessoas como "criminosas" até prova em contrário! Porque calculo que por essa tua opinião, nesta altura já o carlos Cruz, Paulo Pedroso, Ferro Rodrigues e outros já há muito que tinham sido enforcados!

3:57 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

cari micróbio
Não respondeste a minha pergunta porque a resposta é obvia, não é? Em vez disso, emitiste um julgamento, e errado, devo dizer. Prezo muito a presunção de inocência. Mas prezo também a prevenção, e sem dúvida alguma, prezo mais que tudo a protecção da minha família. Eu não disse que julgava o sujeito e o rotulava de culpado. Disse que prevenia antes e averiguava depois, ie, que não permitia que as minhas crianças ficassem a sós com ele, até se averiguar a veracidade das acusações. Aliás, corrige-me se estou errada uma vez que não indicaste o contrário, creio que farias o mesmo! Por isso nao me atires com máximas morais desajustadas
Nao conheço pessoalmente carlos Cruz, Paulo Pedroso ou Ferro Rodrigues. Ignoro se são culpados ou não. Uma coisa é certa... nao deixava as minhas crianças a sós com qualquer um deles.

Bjico

5:11 PM  
Blogger O Micróbio II said...

"Nao conheço pessoalmente carlos Cruz, Paulo Pedroso ou Ferro Rodrigues. Ignoro se são culpados ou não. Uma coisa é certa... nao deixava as minhas crianças a sós com qualquer um deles"... acabaste por confirmar com esta frase, ao que abordei no meu comentário!
Os comentários só fazem sentido quando anexados aos post em questão... caso contrário, quem vem comentar fica baralhado com o teor de alguns comentários. Por isso, e já que fizeste questão em publicar em duplicado (aqui e no Micróbio) venho informar-te que apagarei os teus comentários no post do Micróbio porque estão fora de contexto (não confundas com censura)... e não te preocupes que virei aqui responder-te sempre que for caso disso!

5:26 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Micróbio, tanto se me dá como se me deu, não me aquece nem arrefece. E continuaste a não responder a questão colocada. É um problema que muitas pessoas têm... ler mas não perceber as questões, ou fingir que não percebem e responder com um disparate ou com outra pergunta. A mim, em criança ensinaram-me que perante uma questão há 3 opções:1. responder à questão em causa (não a outra); 2. dizer:não sei, se for o caso; ou 3. indicar: não respondo a esta questão.
Apaga se quiseres, eu não me vou dar a esse trabalho. Como sempre, e como qualquer pessoa, és livre de vir cá discordar de mim, sempre benvindo, e sempre que queiras...
Bjico

6:00 PM  
Blogger O Micróbio II said...

Se me dissessem que um pedófilo (julgado com provas dadas como tal) passeava na minha rua, é claro que teria cuidado. Agora se me dissessem que uma pessoa que dizem que é baseado em suposições, garanto-te que não reagiria. Assim, como não vou impedir que as minhas crianças brinquem na rua só porque no prédio em frente moram dois xiitas com turbante e que dizem alguns que são terroristas... mas já estou como tu, nem me aquece nem me arrefece, sei que haverá sempre quem goste de incriminar apenas baseado em suposições! Eu se fosse a ti nem deixaria as crianças brincar na rua de qualquer maneira, se te baseares no que se ouve dizer...

7:02 PM  
Blogger o alquimista said...

...oxalá que não passe disso, irónico certos fitos da vida. Pintas tõ bem com as palavras como fazes com o pincél...

Um doce beijo minha Amiga

11:05 AM  
Blogger pintoribeiro said...

Bjinho Rosário.

12:23 PM  
Blogger Elipse said...

Dói!

4:08 PM  
Blogger Inha said...

É por isso que eu sempre digo: ser médico é uma vocação!:)

Coragem, Amiga, e que escolhas as melhores palavras e tenhas sempre uma (ainda que doloroso) sorriso para ajudar essa menina, porque creio que vai ser em ti que ela vai depositar todos e seus medos e todas as suas esperanças.
Bem hajam.

BeijInha Enorme e um bom fim de semana.

4:44 PM  
Blogger Pé de Salsa said...

Bom dia Rosário,

Quem sabe se não terás melhores notícias sobre o estado de saúde da menina...tenho alguma esperança!


O Alquimista aplicou o termo certo: "pintas tão bem com as palavras como fazes com o pincel".

Um bjico e um bom fim de semana.

2:23 PM  
Blogger pintoribeiro said...

Bjiku, abraciku,

5:35 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Pela vez primeira poiso neste blog e fico impressionado com a qualidade e sensibilidade da autora. Deus será assim tão insensível? Será que ele precisa de ler este blog para meditar sobre esta coisa das doenças malignas em crianças inocentes?

Valha-nos Deus... que deixou tudo ao deus-dará...

6:27 PM  
Blogger dudv said...

Além de pintar, escreve muito bem...

8:22 PM  
Anonymous Arethuza said...

Linda figura...lindas palavras!
Sucesso sempre***

1:10 AM  

Impressoes

<< Home