Thursday, April 13, 2006

Boutique de orgaos

(Dali)


A venda de orgãos humanos é ilegal nos EUA e em muitos outros paises, e é veemente condenada pela comunidade médica e pela ética. No entanto, na publicação de Fevereiro da revista Kidney International, um artigo discute a legalização da "doação paga" de rins, incluindo a criação de uma agencia federal para regular a venda de orgãos provenientes de outros paises.
Curioso... nos EUA a investigação com células estamianais é proibida, sob o argumento falacioso de que as células provem de fetos humanos (quando na verdade as células podem ser colhidas em tecidos adultos). Como diz o Caetano Veloso "O venerável Cardeal(...)/ ve tanto espirito no feto/ e nenhum no marginal".
Quem serão os doadores de tais orgaos? Pessoas desesperadas nos paises do terceiro mundo ou cidadaos insuspeitos apanhados na rede de mafias organizadas?
E cada um de nós, até onde estamos prontos a ceder na nossa humanidade para salvar um ente querido?

18 Comments:

Blogger badger said...

Xiii Rosário!! Um tema bastante pesado!! Muito mesmo...
Existem todos esses limites éticos e legais que referiste!!
Numa situação de um ente querido, qualquer um de nós nem coloca essa questão!! è um dador nato!!

MAs vejamos a situação de ânimo menos leve!! A legalização de doação paga de orgãos... será uma mina?! Ou seja, Serão comprados «ao preço da chuva» em países de terceiro mundo e vendidos ao preço do ouro, em qualquer ponto d mundo!! E certo que existe já essa toca comercial!! MAs a sua regulamentação...

Olha não sei!! Troquei-me todo!! Vou pensar... volto depois!!

Beijokas

10:12 AM  
Anonymous Rosario A said...

Bom dia Badger!
Pois, complicado, nao é? Quando me referia a cada uma de nos, pensava relativamente a compra de orgaos, que como tu disseste, cada um de nos é um mdoador nato para aqueles que amamos. Mas e se nao formos compativeis... compramos?
Bjico

10:19 AM  
Blogger SPECTATOR said...

quando morrer, em principio estará tudo demasiado estragado para dar.
E neste momento, sou demasiado egoista para sequer pensar nisso!
jinhos

10:37 AM  
Blogger badger said...

Bem rosário....

Vinha eu, consciente de uma resposta para te dar!! E agora essa questão!!

Olha recuso-me!! Não comento!! Quando estava na faculdade tive uma cadeira que era «Ética»... nem recorrendo a conhecimentos aí adquiridos te consigo responder!!

Mas por pessoas que amamos, fazemos qualquer coisa certo? Pagamos o que fôr preciso, certo? Num sei!! Isto hoje é um dia de muita polémica

beijiko!!

12:06 PM  
Anonymous JMC said...

Boa Pascoa.

JMC

4:40 PM  
Blogger chuvamiuda said...

.....enquanto uns lutam por perceber o que fazer numa situação de doação de orgãos para ajudar alguém, outro exploram sem escrúpulos a miséria humana.....

Beijinhos boa Páscoa e boas Férias

7:23 PM  
Anonymous Carlos said...

Bebo
o licor
na tua boca
Bebes
o licor
no meu umbigo


Mais que fantasia...
passamos horas
nessa brincadeira louca
Delírios do prazer
de estar contigo


Trilhas

de cerejas

em nossos corpos

Alimentos
degustados
pouco a pouco
Sinto
tua sede
e me alucino...


Somos cálice
iguarias
somos loucos
Bêbados
de paixão
e Maraschino...

7:26 PM  
Blogger Su said...

complicado isto, até pq existem 2 questões bem diferentes....uma doar para fazer alguem viver...outra explorar mesmo que o outro não queira....
opss ou é complicado ou estou eu a complicar...sou assimmm.....
jocas maradas

9:15 PM  
Blogger Amaral said...

Não sabia que a investigação com células estaminais estava proibida nos EUA. Estranho mesmo, dado o poder extraordinário e a perspectiva do futuro que seria com a aplicação destas células.
Sobre a dacção dos órgãos, o problema é idêntico a muitos outros. Dos grandes interesses e das máfias organizadas não podemos esperar outra coisa...
O problema passa por dois campos: o campo político/poder e o campo comportamental/indivíduo.

9:40 PM  
Blogger Eridanus said...

... os fins não justificam os meios... se, para que eu seja salvo, houver quem equacione a degradação de outra pessoa humana, ainda que pela sua eventualmente invencível pusilanimidade moral se lhe possa perdoar o acto que cometa, na verdade, terá que se lhe perdoar a degradação, não de uma, mas de três pessoas (em particular, a minha própria objectivação como corpo ao serviço de uma técnica)...
então... terei que dizer NÃO! terei coragem? será isto a minha bravata do dia? talvez... para já, tenho apenas coragem para te escrever aqui que, chegada a minha hora, gostaria de ter coragem, que seria essa a única boa conduta de vida: olhar de frente a morte

12:30 PM  
Anonymous Rosario A said...

Jmc, Chuva miudinha,
Boa Pascoa!!!!!!

Amaral,
A investigacao com celulas estaminais nos EUA esta muito restrita mesmo. Alias, muitos cientistas americanos temem mesmo que a Europa e a China, com leis mesnos restritivas se tornem os polos principais de tal investigacao.

Su,
Bjocas e Boa Pascoa!

Eridamus,
excelente análise. Tambem penso assim.

3:33 PM  
Blogger saxao said...

Rosário:
até resolver o problema de me terem roubado o blogue estou a postar como pinto ribeiro em

www.riquita1303.blogspot.com

Bjos e abracikus.

4:54 PM  
Blogger Miguel said...

Tia Rosario,

Os votos de uma Feliz Pascoa cheia de coisas doces ...

Bjks da Matilde

5:09 PM  
Blogger Pé de Salsa said...

Rosário,

Hoje, Sexta-Feira Santa, o dia em Portugal está muito chuvoso. Triste mesmo, embora não tanto como o assunto de que nos fala sobre o ser humano que cada dia está mais desumanizado.

Um beijito e desejos de uma Páscoa Feliz.

Pé de salsa

8:29 PM  
Blogger SoNosCredita said...

"E cada um de nós, até onde estamos prontos a ceder na nossa humanidade para salvar um ente querido?"

chega a ser assustador!

6:13 PM  
Blogger TR said...

Olha querida Rosário, antes de mais boa Páscoa; quanto ao assunto dos orgãos, os EUA são mais uma vez o pior exemplo. Neste aspecto como em muitos outros há pelo meio problemas de ordem espiritual que não fazem o menor sentido. Eu até acho que a igreja deveria ter um papel improtante neste capítulo, mas que é impossíbel perante a igreja que existe. Mas para que raio queremos nós coração, os rins, os olhos ou seja lá o que for depois de mortos ou ainda em vivos se for possível e que importância tem saber quem recebe os orgãos? Mas porque razão é que não se podem usar células estaminais ou outras provenientes de fetos ou seja lá do que for para investigação? Se todos pudessemos dar orgãos sem problemas estranhos e supra humanos na cabeça, a questão do tráfico de orgãos podia ser um problema muito menos grave e a investigação científica podia ser melhor. Somos tão idiotas em tantas coisas!

5:16 PM  
Blogger TR said...

"impossível", evidentemente. saiu ao lado!

5:17 PM  
Blogger Caiê said...

Concordo com a doação de orgãos. Com a venda, não sei... Se é feita de livre vontade, porque não?
Claro que aí, poderão entrar questões de tráfico, o que complica a coisa... :(
Se tivesse um ente querido nessa situação, não pensava muito. A verdade crua é essa.

6:59 PM  

Impressoes

<< Home