Tuesday, November 29, 2005

O Cha

Quando a East India Company se estabelceu em 1600, o seu principal o objectivo era a importação de chá a partir da China. Esta mercadoria seria vendida passado pouco tempo numa qualquer Coffee House em Londres, entrando em competição directa com o café.
Em geral o Ocidente preferia o chá preto enquanto que no Oriente o chá verde era favorecido.
Ambos os chás provêm da mesma planta, mas os métodos de preparação diferem consideravelmente. Para obter o chá verde as folhas de Camellia sinensis sao secas durante um curto período de tempo, e depois aquecidas para impedir a fermentação que produz o chá preto.
Na revista Chemistry World de Outubro, são discutidos alguns aspectos do uso do chá verde para a cura de afecções menores.
O chá verde é tido em grande estima nas medicinas Chinesa e Japonesa e considerado um potente promotor de boa saúde e longa vida. Observa-se uma menor incidência de cancro nas regiões onde o consumo de chá verde é mais elevado. Acredita-se que a infusão previne uma variedade de condições patológicas, incluindo cancro, leucemia, doenças de coração e diabetes.
O chá contém não só cafeina e teobromina mas também quantidades significativas de algumas vitaminas- caroteno, acido nicotínico, ácido pantoténico, ácido fólico, vitaminas C, B1, B2 e B6. O consumo regular de chá fornece também potássio e manganésio.
Os polifenóis do chá incluem flavonoides, flavandiois e ácidos fenólicos, que juntos constituem 30% do residuo seco do chá. Os mais potentes são duas formas de epigalocatequina. Estas substâncias são poderosos anti-oxidantes capazes de proteger as células contra o dano provocado por radicais livres. (No entanto, alguns efeitos tóxicos são possíveis com o chá verde, tais como defeitos na formação do tubo neural dos embriões se o consumo for excessivo durante e gravidez.)
Vai um cházinho?

Imagem: Cao Jin Dang, Picking tea leaves

17 Comments:

Blogger Fausta Paixão said...

...que se passa minha linda? Estás a chazinho?

9:45 AM  
Blogger frog said...

os radicais livres sempre provocam grandes danos

Bom dia

9:48 AM  
Blogger Rosario Andrade said...

bom dia!...
...fausta, sim, e preciso de muito!

Frog!...estas a ver? tudo o que tem se de sazer a esse cornos radicais é afoga-los em cha! ;-)

Abracicos!

9:51 AM  
Blogger Fausta Paixão said...

Rosário, minha filha, procura aí uma bruxa de qualidade e vai lá expurgar os males. Melhor seria se achasses um bruxo!!!

9:54 AM  
Blogger sonia r. said...

Bom dia Rosário. Bjinho. E, como diz o maluco do PR, força Moça. E é abracikos, não é?

10:17 AM  
Anonymous JMC said...

Breve explicação da história do Chá, mas muito promenorizada e apelativa, parece-me que dava uma optima campanha de promoção do chá este seu texto.

10:31 AM  
Blogger Pinto Ribeiro said...

Bom dia Rosário. Melhor?...beijos e abracikos.

11:26 AM  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

O teu blog é muito interessante. Além de ser um prazer para os olhos, os textos são muitos interessantes!

Vou voltar mais vezes!

CSD

11:26 AM  
Blogger Angela said...

Vai sim senhora. Que saia um chá verde. :) E as tuas rápidas melhoras.

11:29 AM  
Blogger hfm said...

Então não é que ia mesmo? bem feito, talvez escolhido naquela casa, não me lembro o nome que fica na Strand em Londres e que é uma verdadeira catedral, já agora acompanhado de uns scones.
Um abraço

12:46 PM  
Blogger Dinada said...

Eu como os scones e deixo o chá para apreciadores!

Beijicos e tal...

1:42 PM  
Blogger Carlos Barros said...

só deixar uma dica, não se esqueçam que o chá foi introduzido nos habitos britanicos pelos portugueses.

2:01 PM  
Blogger Inha said...

Chá preto s.f.f.! Feito no bule e bem abafado!:D

2:50 PM  
Anonymous rps said...

Chá, sim. Preto. E de pequenino...

3:34 PM  
Blogger Miguel said...

Obrigado!
Aceito um café!

Bjks da matilde

5:09 PM  
Blogger Susana Barbosa said...

Vai, vai! Adoro chá, que tomo todos os dias. Verde, e outros...
Bjinhos

6:01 PM  
Blogger mfc said...

É para já....gosto muito de chá.

10:45 PM  

Impressoes

<< Home