Sunday, November 13, 2005

Metro-Sexual

Jack Vettriano, Billy Boys


Inventam cada uma!...
O último conceito da gíria urbana a entrar no meu vocabulário foi... o homem "metro-sexual". Não tem nada a ver com sitemas métricos ou com meios de transporte. Um metro-sexual- por oposição ao retro-sexual- é um homem moderno, educado e esclarecido. Seguro de si, capaz e "cool", tipicamente com uma boa educação e com muito estilo. Gosta de cuidar do corpo, usa as linhas de cosméticos masculinas e crê que deve fazer tanto esforço para estar apresentável para a sua mulher, como esta para ele. Sabe cozinhar, tratar da casa e fazer as compras necessárias e participa nas tarefas domésticas.
É um heterosexual com um "twist". É tão confiante e seguro da sua sexualidade que não tem medo de experiementar coisas novas, seja dançar salsa seja uma camisa com tons de cor-de-rosa. Não restringe o seu horizonte de amizades masculinas a homens heterrosessuais.
hmmmm... como será que o macho latino se vai adaptar a esta nova realidade? Será que, fustigado pelos ventos da mudança se vai adaptar ou, pelo contrário... "comigo não, qu'eu sou muito homem!"

11 Comments:

Blogger Pinto Ribeiro said...

a metro só a pilinha. marikunices. boa tarde Rosário. isto bai, acho, ABRACIKOS. E benha a gaija nua...

1:21 PM  
Blogger Pinto Ribeiro said...

o pior Rosário, são as dores. bjinho e bom fim de semana.

1:31 PM  
Blogger Angela said...

Lá vão introduzindo um ou outro elemento «metro»: uma t-shirt mais colorida, um corte de cabelo desalinhado, um perfume, creme de pele e tal. E deixa-me dizer que acho que só lhes fica bem. Mais do que isso... huuummm. Só se for porque querem imitar o marido da Posh Spice. lol

2:13 PM  
Blogger TR said...

não gosto da designação... contudo acho muito bem! só espero que sem exageros, não demore 15 anos a ser a regra e não a excepção!

"Quem tem medo, ...." sempre não fica completamente sozinho!!!LOL!!

bj

2:56 PM  
Anonymous rps said...

Cara Rosário...
Permito-me usar linguagem menos ortodoxa e dizer que é tudo uma paneleiragem do caraças. Creminho? Risco preto nos olhos? Camisa cor-de-rosinha? Dasse!

5:13 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Ja conheci gajos que tinham mais cremes do que eu!
Eu pessoalmente gosto de um homem cuidado, mas que não demore mais tempo a arranjar-se do que eu... e sem risco preto nos olhos. Mas olha que um creminho não faz mal nenhum! e é nesse sentido que as coisas caminham... ou pensas que a industria dos cosmeticos investe milhoes e milhoes em cenas para gajos so por desporto?

Abracicos!

5:21 PM  
Blogger mfc said...

Não conhecia o termo nem o o perfil!
Mas não acho mal...

6:13 PM  
Blogger papagaio said...

trabalho nas obras e toda a gente sabe que quer dizer homossexuais por metro que dizem ser homens e teem vergonha do admitir porque
MACHO QUE É MACHO NAO ARRANJA AS UNHASSSSSSSSSSS
ehehe
beijoss

6:27 PM  
Blogger Santa said...

Rosário,

Ainda prefiro os homens naquilo que tão bem os identificam: machos,perfumes masculinos e por vezes,inseguros...

Um abraço.

8:42 PM  
Blogger Silvio Vasconcellos said...

Esse termo é só prá vender produtos de beleza a homens, sem que eles se achem menos homens.
É só marketing, nada mais.
Daqui a pouco inventam outra e vendem mais outras porcarias.
Vivemos numa sociedade capitalista, que precisa sempre estar inventando modas para poder vender mais e fazer rodar o dinheiro cada vez mais rápido.
Daí aquela sensação de que ganhamos mais agora do que antes, e no entanto o dinheiro dura menos em nossos bolsos.

Um abraço do sul do Brasil!

8:45 PM  
Blogger Bord@s said...

Rosario é assim.. como em quase tudo portugal só tem uns 30 anos de atraso.. lá chegarão um dia. Cuidem-se! O mundo não espera por ninguém e sobretudo .. não perdoa!

Esse conceito é utilizado há anos.. só que não havia designação ;)

Beijikos :D

2:29 AM  

Impressoes

<< Home