Sunday, August 19, 2007

Depressão v infelicidade


(Degas)


Especialistas no Reino Unido advertem que os médicos de família estão a prescrever demasiados antidepressivos indevidamente, tomando como depressão aquilo que é apenas infelicidade, uma reacção normal do ser humano face a áreas da sua vida que se desenvolvem de modo inesperado ou aquém das espectativas. De acordo com os mesmos especialistas, muitos dos doentes a tomar antidepressivos beneficiariam mais se aconselhados a mudar certos aspectos da sua vida ou a receber apoio psicológico.
A indústria farmacêutica agradece!...

7 Comments:

Blogger rps said...

Pois, é doença da moda...

3:43 PM  
Blogger Su said...

mudar de vida não é fácil..

jocas maradas

8:09 PM  
Blogger kurika said...

Amiguinha...beijinhos...muitos!!!

6:51 PM  
Blogger greentea said...

EM pORTUGAL SUCEDEO MESMO : ANTIDEPRESSIVOS POR TUDO E POR NADA!
PARA TUDO SE TOMAM E AS PESSOAS ANDAM DOPADAS - VÃO AGORA COMEÇAR A FAZER ANÁLISES A QUEM CONDUZ...


BEIJINHOS A TI

1:03 AM  
Blogger Funes, o memorioso said...

Discordo da Greentea.
O problema é diferente em Portugal e no Reino Unido.
No Reino Unido, eles andam infelizes e tratam-nos como se estivessem deprimidos.
Connosco é diferente: nós andamos infelizes e estamos deprimidos. Os anti-depressivos são só meio tratamento

10:45 PM  
Blogger PintoRibeiro said...

Bfdemana, bjinho.

5:41 PM  
Blogger SoNosCredita said...

sem dúvida...

é a doença da alma e, por isso, o tratamento ñ é assim tão linear como querem fazer parecer!

mas tb compreendo que os fármacos ajudem a passar as horas...

11:45 AM  

Impressoes

<< Home