Sunday, November 20, 2005

DINKies

Mais uma palavra do novo vocabulário urbano. Os DINKies (double income no childrem) são jovens casais profissionais sem filhos. Normalmente a redução da família ao mínimo é uma opção relacionada com as restrições e exigências das carreiras dos dois elementos do casal.
Actualmente, com a emancipação da mulher e o seu novo papel na sociedade, a carreira passou a ter um peso duplo no casal.
A procriação deixou de ser a principal razão para o estabelecimento de casias e em muitos casos os papeis inverteram-se e é o homem que é o "doméstico".
Além disso, num mundo em que a educação é cada vez mais importante e cada vez mais cara, muitos casais adiam o largamento da família até sentirem que têm a estabilidade financeira e emocional para oferecerem condições sustentáveis a uma criança.

Imagem: O Berço, Gustav Klimt

9 Comments:

Anonymous papagaio said...

bom domingoo linda,espero que nao estejas a vergar a mola e estejas a descansar no quentinho de casa
beijocassssss

2:18 PM  
Anonymous Neús-man said...

a culpa é das mulheres querem direito iguais,vao vergr a mola,querem carreira e nao querem fazer o amor em casa porque chegam cansadas(ehehehe tornaram-se homens bem feita)

2:19 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

... estou de prevenção! Mas estou ao quentinho e ainda só me chamaram uma vez, na sexta...tive de la ir.

É o que dá... carreiras, prevenções... assim não posso fazer filhos, karago!

Abracicos!

2:30 PM  
Blogger pirata vermelho said...

... no kids!
e os dinky toys... remember?
cá pra mim os fenómenos de 'rename' estão frequentemente próximos dos fenómenos de infantilização e controle das almas cá do império.

THINK!

2:33 PM  
Blogger pirata vermelho said...

... e pinkies e kinkies e fica-se c'a lingua de trapos qu'ajuda a que ninguem s'entenda, n'é?

3:00 PM  
Blogger Funes, o memorioso said...

1- A prática do "double income no children" só sustentável com a admissão nos países onde é praticado de muitos emigrantes que o não pratiquem e façam filhos a torto e a direito. Caso contrário, as suas consequências não vão ser boas.

2 - Subscrevo inteiramente a frase do pirata vermelho: "os fenómenos de 'rename' estão frequentemente próximos dos fenómenos de infantilização e controle das almas cá do império"

11:29 AM  
Blogger Cadelinha Lésse said...

Cá para mim, está muito bem pensado, sobretudo quando não há condições económicas. Só num país como o nosso é que continuam a procriar como coelhos e depois... quem quiser que tome conta dos filhos! Sobrecarregam a família, os professores e, eles próprios (pais) demitem-se das obrigações. Não são todos, óbvio, mas são cada vez mais!
Gostei particularmente dessa nova espécie animal doméstico que é o homem... doméstico!

5:31 PM  
Blogger Funes, o memorioso said...

A cadelinha lésse não percebeu o problema, ou melhor, não percebeu duas coisas:
1- que se trata efectivamente de um problema;
2- Que quem opta pelo double income no children são precisamente aqueles que não teriam qualquer problema económico em terem 3 ou 4 filhos.

...E não se trata de sobrecarregar os professores. Trata-se de lhes assegurar o emprego...

2:39 PM  
Blogger pirata vermelho said...

outstanding, fun_memo! outstanding...

reaching far as a mean in itself

7:06 PM  

Impressoes

<< Home