Tuesday, September 13, 2005

Mirandés

Pauliteiros


Quien dirie qu’antre ls matos eiriçados
Las ourriêtas i ls rius d’esta tiêrra,
Bibie, cumo l chaugarço de la siêrra,
Ua lhéngua de sons tan bariados?

Mostre-se i fale-s’ essa lhéngua filha
D’un pobo que ten neilha l choro i l canto!
Nada por ciêrto mos cautiba tanto
Cumo la form' an que l’eideia brilha.

Zgraçiado d’aquel, qu’abandonando
La patri’ an que naciu, la casa i l huôrto.
Tamien se squeçe de la fala!
Quando L furdes ber, talbéç que stéia muôrto!



J. Leite de Vasconcelos In "Flores Mirandesas"

9 Comments:

Blogger Ana said...

Há pois é...

11:51 AM  
Blogger frog said...

Bom dia

É... desgraçados daqueles que se esquecem das origens...estão vivos mas vão morrendo aos poucos

Abracicos

12:12 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

BOM DIA!

:-) !!!!

12:37 PM  
Blogger mfc said...

E agora vai sair a edição do Astérix em Mirandês. O lançamento está previsto para Outubro.

3:27 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Optima noticia! O Asterix em Mirandes... faz-me lembrar o Shrek a falar a Bijeu!
Hurrah!

3:36 PM  
Blogger Pinto Ribeiro said...

...akilo parece kung fu...certo?

6:02 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

Sim, mas com paus... é mesmo pra traulitada!

6:25 PM  
Blogger frog said...

O seu a seu dono...Pauliteiros de Sendim, Duas Igrejas... em miranda só os "TRAULITEIROS DE MIRANDA"

6:36 PM  
Blogger Rosario Andrade said...

sim tens razao, frog. Por isso é que so escrevi "pauliteiros". Em Sendim e Duas Igrejas fala-se o Mirandes...

6:59 PM  

Impressoes

<< Home