Friday, February 22, 2008

Por terras de Brgança...




Ausente. Na verdade, ando por terras de Bragança, numa visitinha à família. E a enfardar pão de Carção, e alheiras, e posta à mirandesa assada na brasa. Basicamente a engordar, para gáudio do Big, que sempre se queixou dos meus ossos pouco revestidos de carnes.
A ausência deve-se a a velhas e a novas aventuras, daquelas em que me meto de vez em quando. Quando houver um pouco mais de tempo procederei à actualização do pasquim e ao relato das tais aventuras...

5 Comments:

Blogger JvT said...

Eu também fui, no fim-de-semana passado, visitar essa também minha terra e comer alheiras!

7:42 PM  
Blogger Elipse said...

Vá, come, linda, que a qualidade justifica. Depois fazes restrições, mas não descuides agora o prazer!
um beijinho

2:19 PM  
Blogger deep said...

Tão bonito este castelo, não é?
Aproveitaste para visitar o Museu da Máscara?

Penso que nunca provei pão de Carção, mas se for como outro que se faz por estas terras transmontanas, quem lhe resiste?

Aproveita...

2:05 AM  
Blogger Chanesco said...

Só espero que essas andanças por terras bragançanas tragam uma boa surpresa.
Para quando uma exposição de uma filha da terra?

Abraço!

12:25 AM  
Blogger Méon said...

Parei um dia em Carção, para falar com uma mulher que estava a apanhar castanhas è beira da estrada. Eu nunca tinha visto como se apanhavam. Aquilo pica mesmo!

Na conversa que se estabeleceu, falando nas dificuldades da vida, ela recordou os tempos em que as noites eram gélidas e a "neve buraqueira vinha ter connosco à cama".
Perante a minha interrogação, ela explicou: "A neve entrava pelos buracos da telha vã e remoinhava até cair em cima da gente...".

Tirei-lhe uma foto que lhe enviei, na conversa pedira-lhe a morada.
Carção, concelho de Vimioso. Não mais esqueci.

E agora vejo-a aqui citada! Qualquer dia volto lá "por mor do pão e das alheiras"...

1:24 PM  

Impressoes

<< Home