Friday, October 27, 2006

...

(Freud)


Pela janela via a pulsação das artérias da cidade desvanecer-se lentamente como se alguma veia profunda tivesse sido aberta e todo o movimento se dirigisse irremediavelmente ao local secreto da hemorragia. O vidro duplo teimava em reflectir a imagem dele e a dela. Forçou as iris a focarem outra coisa qualquer, que não via.
- A verdade é que não tenho talento para viver. Na verdade, eu não sei viver. Algures no passado devia ter alicerçado a minha vida e não o fiz. Devia ter reunido os átomos e as regras que regem a construção do infinito ou uma merda assim- sorriu-... e composto uma coisa qualquer que me permitisse ser gente. Mas não!... Não sei que estranha ocupação, que ébrio vapor me impediu de o fazer. Por isso, hoje sou apenas uma sombra. Os meus nervos apenas sentem o que está no limiar do mundo sensivel...
(A Arte do (Im)Possivel)

9 Comments:

Blogger rui said...

Olá Rosário
Está lindo
A pintura e o texto mexem connosco. Gostei da frase final "Os meus nervos apenas sentem o que está no limiar do mundo sensível"
Bom fim-de-semana
Beijinho

12:31 PM  
Blogger pintoribeiro said...

Soberbo Rosário. Bjiku e abracikus,

1:29 PM  
Anonymous Anonymous said...

Pintura incómoda!!

2:33 PM  
Blogger greentea said...

ja que se esta a aproximar o Dia das Bruxas , utiliza a sua vassousa para fazer uma limpeza, livrando-te da energia bloquada a todos os niveis. Este e um optimo momento para esvaziar todos os armarios da tua vida, ddeixando-os limpos, qual hemorragia profunda que te liberte do sangue apodrecido, nocivo , aguardando o sangue novo! A mudança esta prestes a acontecer. A vida e uma dança - uma combinaçao de acçao-nao acçao, crescimento e repouso, encara-a na sua totalidade, na globalidade, como a roda cosmica da evoluçao.

Um beijo

2:56 PM  
Blogger TR said...

Lembro-me sempre da Paula Rego quando vejo o Freud. Ver os quadros dele de perto é uma experiência intensa que pode incomodar como diz o micróbio.

Na verdade não vejo este quadro como ilustração possível da ideia contida no excerto, mas como o seu oposto.

5:16 PM  
Anonymous Jofre Alves said...

A blogosfera é um mundo que partilhamos com objectivos marcados e sólidos, e que nos entra pela casa dentro.Neste blogue entro para a sala como convidado bem recebido e assisto, satisfeito e prazenteiro ao quanto de bom e belo se faz, sobretudo aqui. Ao despedi-me satisfeito desejo bom fim-de-semana.

6:59 PM  
Anonymous Anonymous said...

Por vezes não é necessário ir muito mais além.

9:55 PM  
Blogger kurika said...

Quadro sinistro e palavras intensas que reflectem um estado de alma...

Bjs

7:20 PM  
Anonymous Anonymous said...

Estou em mudanças internas dentro de meu blogue "Fuzil Cósmico", que a partir de agora tem este endereço: http://fogodelys.blogspot.com. Beijinhos, Magda.

3:06 PM  

Impressoes

<< Home